quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Oficinas de confecção de tintas e materiais 5

Seguimos a todo vapor nas nossas experiências com tintas e nossos últimos trabalhos envolveram a produção de tintas a óleo e de algumas outras que utilizaram pigmentos naturais.

Mais uma vez entramos em contato com a História da Arte e pude dividir com as crianças uma de minhas grandes paixões, Van Eyck. O artista do século XV tornou-se muito especial para mim não só por ter provavelmente inventado a tinta a óleo, mas também porque encontrou resoluções em "O casamento dos Arnolfini" que conversam muito com minha alma. Gosto de ver as costas do casal refletidas no espelho. Van Eyck esteve muito presente nessa obra, inteiro mesmo e sequer seria necessário ele colocar seu testemunho escrito na parede pintada no quadro para validar que estava nela.

Eu poderia e talvez devesse ter feito a tinta a óleo com as crianças a partir do óleo de linhaça. Mas como esse é um produto que não está presente na região onde atuo como educadora, optei por um substito, que gerou um resultado legal também: a maionese. Misturando maionese com pigmentos, produzimos nossa tinta a óleo alternativa.

E não paramos por aí. Aproveitamos o embalo para fazer tintas utilizando carvão, beterraba, cenoura...

Achei que a tinta a óleo faria mais sucesso com as crianças, mas me enganei. Liquidificadores e processos cheios de misturas e etapas costumam contentar mais as crianças e adolescentes.

Todos tomamos nossas posições na cozinha e logo botamos a mão na massa, cortando beterraba, cenoura, batendo os vegetais com água no liquidificador, passando na peneira e coando novamente num pano fino, até conseguirmos nossas novas cores.




Ainda havia o carvão que precisava virar tinta... E lá fomos nós para o quintal, macerar carvão com um martelo e obter um pó bem fino para ser misturado com um pouco de goma arábica e água, gerando uma cor preta cheia de personalidade.



E assim nasceram mais tintas feitas por nós mesmos!



Daí para frente, foi sentar e pintar.






Nenhum comentário:

Postar um comentário